4 a 5 anos

4 a 5 anos

Com a linguagem oral plenamente desenvolvida, apresenta-se a linguagem escrita. O alfabetário é introduzido de forma instigante às crianças de 4 anos e o processo formal da construção de escrita e leitura aprofunda-se aos 5 anos quando a criança já é capaz de compreender 9 mil  palavras. O lúdico continua comandando o processo de construção do conhecimento pois, brincar é o instrumento de trabalho da criança.

Reinventar histórias, mudar personagens de lugar, propor novos episódios, alterar o fim dos contos, transformar prosa em poesia são atividades que incentivam o gosto pela leitura e escrita. Mantem-se o foco no desenvolvimento da autoestima e autonomia. A criança capaz de ler e inventar suas próprias histórias é seguramente mais feliz e pronta a novos conhecimentos.

A sistematização do ensino da matemática permite que o conceito de números seja finalmente consolidado. Da contagem recitativa, constrói-se a contagem numérica, e a criança finalmente tem consciência de que o número é uma representação. É o que forma as bases para mais uma descoberta: as operações matemáticas.

No ponto de vista psicossocial, investe-se ainda mais nos combinados já construídos desde o maternal e que agora podem ser mais amplos. Isso permite às próprias crianças construir a noção de limite e buscar resolver suas diferenças pelo diálogo. Também incentiva a reflexão e a argumentação, já que as crianças querem sempre discutir e propor novos combinados e novas regras para jogos.